top of page
Buscar

Sindicato retoma diálogo com a Fundacentro

Uma reunião na manhã desta terça-feira, 04, marcou a retomada do diálogo entre o Sindicato e a Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho). Na ocasião, parte da diretoria da entidade conheceu o novo presidente da Fundação, Pedro Tourinho.

Tourinho é especialista em Medicina Preventiva e Social, sua nomeação foi publicada no DOU (Diário Oficial da União), em 24 de março. Durante a reunião, além de sua experiência como médico e na atuação sindical, o companheiro mostrou comprometimento com a luta por saúde e segurança do trabalhador e deixou o diálogo aberto com o Sindicato.

“É a retomada de um diálogo que foi interrompido em 2016, porque o golpe sofrido pela presidenta Dilma Rousseff atingiu toda organização política progressista e democrática. Restabelecer este contato com a Fundacentro é primordial para alcançarmos avanços na luta contra acidentes e doenças do trabalho”, avalia o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan.

A reunião aconteceu por solicitação do Sindicato. No entanto, Tourinho disse que ela faz parte de uma série de encontros que ele pretende fazer com outros sindicatos. Além disso, ele compartilhou que vai se dedicar a dois eixos: a restruturação da Fundacentro e a sua ocupação física e política pelos sindicatos.

“Estamos empenhados na tarefa de recuperar a visibilidade para a agenda da saúde do trabalhador. A acidentalidade no Brasil é altíssima e a gente precisa de uma articulação que envolva os sindicatos, que, hoje, tem as portas abertas da Fundacentro, para este debate e para que possamos fortalecer esta discussão, os equipamentos que acompanham, fiscalizam e participam da luta da saúde do trabalhador”, disse Tourinho.


Parceria retomada

Com o diálogo, o Sindicato também busca retomar a parceria em ações com a Fundacentro, a exemplo da construída nas décadas de 80 e 90. “Nestes períodos, sugiram possibilidades de ações conjuntas, entre elas, formação de cipeiros e avanços na intervenção sobre o amianto, silicose, mercúrio, produtos químicos e galvânicas”, lembra o secretário-geral do Sindicato, João Batista.

Carlos Aparício Clemente, coordenador do Espaço da Cidadania, resgatou parte da história de luta construída pelo Sindicato e a Fundacentro. Os diretores Marcelos Mendes e Marcel Simões também participaram da reunião, compartilharam informações sobre o acidente da Cinpal e Multiteiner, que foi nomeado por Tourinho como uma “catástrofe”.

Na despedida, o presidente da Fundacentro confirmou presença no “Ato em Memória as Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho”, a ser realizada em 28 de abril, na sede do Sindicato, em conjunto com o Cissor e demais entidades da região.


Diretores do Sindicato se reúnem com o novo presidente da Fundacentro, Pedro Tourinho



Pedro Tourinho, presidente da Fundacentro


Fonte: https://sindmetal.org.br/

Commentaires


bottom of page