top of page
Buscar

Santo André: Na MAXION, Trabalhadores aprovam PLR


Após o vice-presidente do Sindicato, Adilson Sapão, colocar em votação o acordo de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) no valor de R$ 6.900, os trabalhadores e trabalhadoras na Maxion, por ampla maioria, levantaram o braço aprovando a proposta. A assembleia ocorreu na tarde da segunda-feira, 08 de maio, na porta da fábrica.

O pagamento será da seguinte forma: duas parcelas, sendo a primeira de R$ 5.000 no dia 12 de junho e o restante ficando para segunda parcela que está agendada para o dia 12 de dezembro de 2023. A soma total da PLR pode chegar a R$ 7.200, conforme o fechamento da produção das metas alcançadas.

O secretário-geral do Sindicato, Manoel do Cavaco lembra que a Maxion tem um alto índice de asso[1]ciados, o que fortalece a negociação do Sindicato e da comissão de trabalhadores com a empresa. “Não tenho dúvida que só conseguimos chegar a um valor que agrada os companheiros e companheiras devido a quantidade representativa de sócios do Sindicato que temos na Maxion”, diz Manoel que reforça o pedido de sindicalização. “Aproveito esta matéria no jornal sobre a conquista na Maxion, para convidar quem ainda não é sindicalizado a ficar sócio. Assim, toda categoria avançará em mais conquistas, sem falar na estrutura que o Sindicato oferece, com departamentos jurídico e médico, entre outros benefícios..”

Segundo Manoel, já há planejamento de mudanças para que a negociação do ano que vem seja ainda melhor. “Para a próxima PLR, a ideia é negociar julho e janeiro do ano seguinte para fugir da taxação do imposto de renda.”

Comments


bottom of page