Buscar

Osasco: Mais de 11 toneladas de alimentos são doadas pela campanha Metalúrgicos contra a Fome





Nos últimos dias, a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região distribuiu mais 5mil kgs de alimentos para famílias e associações. Ao todo, desde o início da campanha “Metalúrgicos contra a Fome”, já são mais 11 mil kgs de alimento fazendo a diferença na vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social e que vivem em Osasco e região.


“Esta é uma campanha de solidariedade, que mostra que com um pouco de cada um podemos fazer muito. E é uma campanha que também tem um papel político, porque também denuncia o problema fome, para o qual toda a sociedade e os governos precisam ter um olhar atento”, destaca o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan.


Solidariedade fortalecida


Desta vez, foram entregues cestas básicas em Osasco para 80 famílias do Rochdale e na Ocupação Esperança; em Carapicuíba na Associação Suprindo Vidas; em Cotia na Casa do Cuidador, Associação Filantrópica das Brotas, Centro de Espiritualidade São Luís Orione e Igreja Pentecostal Adoração Plena; em Embu das Artes na Associação Comitiva Esperança; e em Taboão da Serra na Associação de Apoio à Mulher Vítima de Violência-AAMVV, Associação Habitantes Bem Viver, Fábrica D Loko, Solar Unidos e Casa do Chico.


“Numa situação de grande desemprego e mais da metade da população do nosso país em condições de subnutrição alimentar (não consegue fazer 3 refeições por dia e não sabe se terão o que comer no dia seguinte), o Sindicato comprou essa briga e, no que podemos, mobilizamos a categoria e empresas para auxiliar os mais necessitados. Ao mesmo tempo, denunciamos a grave situação que vive a classe trabalhadora e cobramos do poder público que conceda o quanto antes o auxílio emergencial de 600 reais e a distribuição de cestas básicas. Políticas nesse sentido não é favor do poder público, é dever”, destaca o diretor do Sindicato Marcelo Mendes.


17 toneladas arrecadadas


A quantia já distribuída é proveniente do montante arrecadado ao longo da campanha “Metalúrgicos contra a Fome”, que até o momento já soma 17 toneladas. A generosa quantidade é fruto da solidariedade de trabalhadores, dirigentes sindicais e empresas, como Luminae, Albras, Wap Metal, Tup Tech, Nakata, CBFA, Bridon, São Raphael, Meritor e Gramtampa, entre outras. que somaram esforços para ajudar a quem tanto precisa.


O sucesso desta rede é tamanha que a arrecadação de alimentos, prevista para encerrar no final de maio, será estendida para até o dia 30 de junho. Já tem pessoas e empresas se organizando para fortalecer ainda mais esta ação do bem. Você pode fazer o mesmo.


“Unindo forças vamos ajudar quem mais precisa e vamos vencer esse período de tantas incertezas e necessidades”, enfatiza o secretário-geral do Sindicato, João Batista.


Pontos de Arrecadação


As arrecadações serão feitas até 30 de junho no Metalclube, (Rua Luiz Rink, 501, Jd. Rochdale, Osasco, na sede (Rua Erasmo Braga, 307, Presidente Altino, Osasco) e subsedes do Sindicato: Cotia (Av. Prof. Joaquim Barreto, 316, Centro, Cotia) e Taboão da Serra (Rua Ribeirão Preto, 397, Vila Iasi, Taboão da Serra).


“O momento é crítico e temos muitas famílias e instituições que não têm comida no prato. Quando nos dispomos a ajudar ou contribuir para que coisas boas aconteçam, realmente nos sentimos útil a sociedade. Fazer o Bem Sempre”, avalia o assessor sindical José Roberto.


Saiba mais


Sicoob CredMetal doa mais de 1 tonelada de alimentos para a campanha “Metalúrgicos contra a Fome”


Metalúrgicos distribuem mais de 5 toneladas de alimentos


Campanha “Metalúrgicos Contra a Fome” distribui 1 tonelada de alimentos


Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região