Buscar

Metalúrgicos de Osasco e região reforçam atos em defesa da vida, emprego e renda

A mobilização dos metalúrgicos de Osasco e região em defesa da vida, emprego e renda aqueceu a sexta-feira, 18 fria em diversas fábricas. Companheiros como os que trabalham na Engematex participaram de assembleias em que a diretoria do Sindicato compartilhou informações sobre a situação do Brasil.

O país já se aproxima de 500 mil mortes por covid-19, soma mais de 14 milhões de brasileiros desempregados. Enquanto isso, o governo planeja entregar o patrimônio do país, por meio de privatizações. É contra esta situação que os atos do dia 19 de junho acontecem.

“Vamos aos locais de trabalho para explicar aos trabalhadores a situação do nosso país. Explicar porque devemos protestar e exigir melhorias. Os atos deste sábado, 19, têm entre as reivindicações o fim do desemprego, a volta do auxílio emergencial de R$ 600, vacinas para todos e contra as privatizações”, explica o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan.

Nas fábricas, a diretoria reforçou a importância de cobrar por políticas que fortaleçam a economia, mas que também pense na geração de empregos. “Os postos de empregos são os primeiros a serem impactados numa crise e os últimos a retornarem, quando a economia volta a acrescer. Por isso temos que exigir políticas que valorizem a geração de empregos, que pense dos trabalhadores”, alerta o secretário-geral do Sindicato, João Batista.

Neste sábado, 19, a diretoria do Sindicato vai participar do ato em frente ao Masp, na Avenida Paulista, às 16h. Organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, ele fará parte das diversas manifestações que vão ocorrer por todo o país, com o apoio das centrais sindicais.

A orientação da diretoria é que quem se sentir seguro para ir às ruas, que respeite o protocolo de combate a covid-19, com uso de máscara adequada, álcool gel e máximo possível de distanciamento social. Quem não for para as ruas também poderá participar de outras formas: vale bater panelas, e se expressar nas redes sociais.


fonte: http://www.sindmetal.org.br/metalurgicos-de-osasco-e-regiao-reforcam-atos-em-defesa-da-vida-emprego-e-renda/