top of page
Buscar

Dia Internacional da Mulher - Respeito é a palavra de ordem



Neste 8 de março de 2024, Data Internacional que marca o Dia da Mulher, muito mais do que parabéns ou presentes materiais, é preciso refletirmos sobre avanços e retrocessos no decorrer de nossa História sobre as questões básicas que envolvem o universo feminino. Aliás, precisamos ir além e definitivamente nos conscientizarmos do papel fundamental que as mulheres exercem na vida de todos nós e da sociedade.

 

É preciso, sobretudo, entendermos que as diferenças de gênero não podem mais tornarem-se motivos para quaisquer diferenças de Direitos, ou seja, a luta pela igualdade de sexos está exatamente nas diferenças entre eles.

 

Não é difícil entender: é preciso o RESPEITO às diferenças e saber que é exatamente nelas que estão as igualdades de Direito.  O RESPEITO é o único ingrediente que poderá eliminar problemas tão palpáveis enfrentados pelas mulheres, infelizmente até os dias de hoje.  É ele quem poderá dar soluções às agressões físicas, ao feminicídio, às humilhações de todas as ordens que o machismo arraigado em nossa sociedade ainda impõe às mulheres, apesar dos avanços legais conquistados nas últimas décadas.

 

É respeitando que poderemos dar jeito nas jornadas triplas de trabalho, nas questões de diferenças salariais, no assédio cotidiano sofrido por todas elas: nossas mães, filhas, amigas, companheiras em todos os sentidos.

 

Certamente ainda há muito por fazer, por lutar, por conquistar. E o RESPEITO só é atingido com mudanças profundas de consciência e esse é nosso caminho a ser trilhado: conscientizar para respeitar as diferenças na busca pela igualdade e uma sociedade mais justa para todos.

 

Eliseu Silva Costa

Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo

תגובות


bottom of page