top of page
Buscar

11º Encontro do MetalMulheres amplia luta contra discriminações



Ontem (23) foi realizado o 11o. Encontro do Coletivo MetalMulheres, no Guarujá, sediado pelo Sindicato da Montagem da Baixada Santista. Sob o Tema: "Não à Misoginia e Violência contra a Mulher no Ambiente de Trabalho", o evento contou com a participação de companheiras dos Sindicatos de Metalúrgicos (as) de São Paulo, Osasco, Jundiaí, São José do Rio Preto, Ferraz de Vasconcelos, Santa Bárbara Doeste, Cerquilho, Santa Rita do Passa Quatro, São Caetano, Guarulhos, Santo André e Baixada Santista.


"Estes Encontros regionais do Coletivo têm sido de fundamental importância para fortalecermos cada vez mais o MetalMulheres e, por consequência, a luta das mulheres por igualdade de direitos e contra qualquer tipo de violência no ambiente de trabalho e fora dele. Nossos objetivos em termos de conhecimento, consciência e sensibilização foram novamente atingidos e as discussões de ampliação de nosso trabalho, principalmente junto à categoria metalúrgica, avançaram bastante e ações concretas neste sentido estão por vir", declarou Jô Silva, Presidenta do Sindicato da Montagem da Baixada Santista.


O evento também contou com palestras da Dra. Telma Rodrigues da Silva, advogada trabalhista que tratou do tema "Violência congtra a Mulher no Ambiente de Trabalho" e da Dra. Ester Branco, que tratou do tema "Misoginia".


"Desde o início do MetalMulheres, a Federação dos Metalúrgicos tem apoiado as atividades do grupo que, para nossa satisfação, tem demonstrado um forte crescimento em termos de quantidade de participantes e qualidade nos trabalhos. Um número cada vez maior de sindicatos filiados têm sido atingidos pela importante pauta das questões que envolvem o mundo feminino e os problemas que ele enfrenta em nossa sociedade, particularmente na esfera do Trabalho", comentou Eliseu Silva Costa, Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo.

Comentarios


bottom of page